Na dúvida sobre o projeto de Educação Corporativa? Confira dicas de leitura para saber mais e não errar.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O empreendedor que está em dúvida sobre implantar um projeto de Educação Corporativa utilizando uma plataforma de Ensino a Distância está perdendo tempo e até dinheiro. Há consenso sobre isso porque o mercado exige empresas cada vez mais competitivas e isso não se consegue somente revendo preços ou cortando custos. Mas também desenvolvendo novas competências e habilidades dos colaboradores para ter maior produtividade e mais agilidade para encarar mudanças e novos comportamentos do consumidor. E para ter a “equipe turbinada”, um projeto de Educação Corporativa cai como uma luva.

 

Para ajudar na decisão e no planejamento do projeto da sua empresa, reunimos dicas de leitura que ajudam a tirar as principais dúvidas e até desfazer alguns mal entendidos sobre educação dentro de empresas. E fique à vontade para falar com os especialistas da DTCOM e obter mais informações sobre Educação Corporativa.

 

Boa leitura.

 

“Será que a minha empresa precisa de Educação Corporativa?”

Mais do que imaginar que a empresa não precisa de Educação Corporativa, muitos empreendedores podem pensar que “isso não é para mim”, porque levam em conta o mercado em que atuam e o porte do negócio. Na verdade, um projeto de Educação Corporativa via EAD pode ser desenvolvido para atender demandas de qualquer ramo de atuação. Há sempre competências e habilidades para serem desenvolvidas seja numa pequena indústria de móveis, seja num banco com milhares de funcionários.

 

Existe a motivação do cenário empresarial muito mais dinâmico e exigente, como citado acima, mas também aspectos específicos de cada segmento econômico e de cada empresa. A forma como o empreendedor acompanha o dia a dia do negócio (incluindo o desempenho da equipe) e a movimentação do mercado é que podem ser determinante para a ampliação ou para a implantação de um projeto de Educação Corporativa. Se olhar para dentro da empresa, são grandes as chances de identificar um caminho possível na capacitação para reverter um quadro de instabilidade ou queda na produtividade e nas vendas.

 

Leia mais:
Educação Corporativa: qual competência desenvolver na sua empresa?
Como desenvolver profissionais em cenários de transformação constante? Aposte em EdTech
E-learning corporativo: 5 razões para utilizar
A importância da educação continuada para empresas

Guarde as palavras-chave: Competências e Transformação.

 

“Mexer na equipe não é mais prático?”

Além do impacto que pode gerar em competitividade e em vendas, o investimento em Educação Corporativa traz ainda um custo-benefício importante no que se refere a recursos humanos. É que em vez de optar pela saída de funcionários e a chegada de novos, na tentativa de dar uma “virada” na rotina, a empresa pode gastar muito mais do que investir na capacitação com foco no reforço e no desenvolvimento de novas habilidades.

 

Um funcionário pode se tornar uma peça importante na empresa, por exemplo, quando passa por um treinamento para que uma habilidade específica possa ser agregada ou melhor desenvolvida. É o caso de um engenheiro que apresenta ótimo desempenho em diversas situações, mas que peca no momento da venda. Vale mais a pena abrir mão de um profissional capacitado, já conhecedor da rotina da empresa, ou é melhor trabalhar na habilidade que está deixando a desejar? Pense nos custos, mas também no tempo que perderá em contratar e treinar um novo funcionário.

 

Leia mais:
Reskill: desenvolva habilidades antes de partir para novas contratações
Quatro dicas para planejar conteúdo para EaD

Guarde as palavras-chave: Economia, Novas habilidades e Reskill

 

“Para que investir em educação se o pessoal só quer saber de celular?”

O que pode parecer desanimador tem grande potencial de ser o diferencial no projeto de Educação Corporativa da sua empresa. É como diz o ditado, “se não pode vencê-los, junte-se a eles”. E é o que muitas empresas já vêm fazendo adotando o modelo de microlearning em suas ações de educação continuada. A ideia é simples: aproveitar o uso do smartphone e torná-lo a plataforma para o compartilhamento de conteúdos de aprendizagem para os funcionários.

 

Esta é uma iniciativa que traz benefícios como mobilidade e ubiquidade (aluno pode estudar onde e quando quiser), mas que exige cuidado com relação à linguagem e ao formato do conteúdo. Ambos precisam estar adequados para que possam “funcionar” no smartphone, mas que, principalmente, engajem os funcionários da mesma maneira que os vídeos do YouTube, um teste online ou um meme em rede social. Este é o desafio, mas que tende a se tornar uma grande oportunidade para a capacitação da equipe de modo mais dinâmico e assertivo.

 

Leia mais:
Aprendizagem Móvel: o smartphone como plataforma de EAD corporativo

Guarde as palavras-chave: Hiperconectados, Microlearning, Mobilidade e Ubiquidade

 

“Mas o conteúdo não tem nada a ver com a minha empresa?”

Talvez alguns anos atrás pelo receio de contratar um projeto de Educação Corporativa “genérico”, inadequado ou muito distante da realidade da empresa. Hoje, pelo contrário, é possível filtrar cada vez mais o que se deseja oferecer para os colaboradores. A empresa pode personalizar o treinamento de modo que possa mirar em temas específicos a partir de análises internas e externas sobre o que realmente interessa e que fará a diferença após a conclusão da capacitação. Portanto, saber que é possível personalizar o treinamento via EAD é importante para que a empresa evite cometer erros que possam frustrar todos os envolvidos no projeto.

 

Mas é importante também que a empresa procure identificar exatamente o que deseja em termos de treinamento. A possibilidade de personalizar não pode ser desperdiçado. Por isso, para a escolha das competências e habilidades que serão foco do projeto de Educação Corporativa, analise números, observe o mercado, “espie” os concorrentes e não deixe de ouvir os colaboradores. A conversa com eles é essencial para o sucesso do projeto. As impressões deles podem indicar pistas das reais necessidades da empresa e a partir daí as ações de Educação Corporativa tendem a se encaixar muito mais rapidamente na rotina de todos.

 

Leia mais:
Treinamento corporativo personalizado: quais critérios usar na hora de planejar o desenvolvimento do seu time
3 erros mais comuns ao planejar a implantação de um T&D
Educação Corporativa: 3 informações que o colaborador precisa saber

Guarde as palavras-chave: Treinamento personalizado, Interação e Foco

 

Assinatura Redação

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Cadastre-se na nossa Newsletter

Aceito receber e-mails da DTCOM. Não se preocupe, não enviaremos spam.

Deixe uma resposta