Blockchain na educação: impactos positivos e disruptivos para instituições e alunos.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Blockchain é uma tecnologia muito conhecida no mercado financeiro por servir de ambiente onde acontecem as transações das chamadas criptomoedas ou moedas digitais, como o Bitcoin. Sua aplicação, no entanto, já está atendendo demandas em outras áreas. O uso da Blockchain na educação, por exemplo, já é alvo de projetos que experimente funcionalidades e benefícios tanto para as instituições quanto para os alunos.

 

É o caso da Woolf University, considerada a primeira universidade do mundo baseada na tecnologia Blockchain. “Tive um estudante em 2017 que me sugeriu, brincando, evitar toda a burocracia da universidade e me pagar diretamente em criptomoedas. Isso me interessou! Comecei a estudar alguns dos protocolos usados pela tecnologia Blockchain e fiquei fascinado”, diz Joshua Broggi, fundador e diretor da instituição em reportagem no site Revista do Ensino Superior.

 

Na Blockchain, a plataforma da Woolf vai operar por meio de contratos automáticos e reforçar a conformidade regulatória, eliminando ou automatizando processos burocráticos, incluindo também o gerenciamento de dados financeiros e pessoais. O fundador acredita que os novos processos vão ajudar no desenvolvimento de uma experiência de ensino altamente personalizada, “As aulas são rigorosas e os resultados da aprendizagem incluem habilidades de pensamento independente, análise lógica, resolução de problemas e flexibilidade intelectual”, diz Broggi.

 

Mas o que é exatamente a Blockchain?

 

A tecnologia Blockchain surgiu em 2008 como suporte para as transações de Bitcoin. Conceitualmente, pode ser entendido como um livro de registros digitais criptografados, e que é descentralizado, sendo compartilhado por diversos computadores diferentes. Não há um “dono” da Blockchain. As atualizações ocorrem apenas quando há consenso entre os participantes da “cadeia de blocos” e o que é colocado na Blockchain não pode ser apagado nem alterado por qualquer participante, o que torna a tecnologia segura para o compartilhamento de dados e informações, mesmos os registros sendo públicos e abertos.

 

São estas características que fazem da Blockchain ser considerada uma das tecnologias mais disruptivas da atualidade. É também o que atraiu os investidores de moedas digitais e o que está ajudando a levá-la para outras áreas, como a educação, conforme destacado a seguir.

 

Como usar o Blockchain na educação

 

Segurança e transparência

Até por conta de sua origem está vinculada ao mercado financeiro, o Blockchain tem a segurança como uma de suas premissas básicas. Numa instituição de ensino existem muitas informações “sensíveis”, que podem ser alvo de golpistas, como na realização de concursos e vestibulares. As chances de ocorrer uma fraude na realização de uma prova reduzem drasticamente por tudo o que se refere a ela pode estar seguro na Blockchain e seus protocolos de uso. Ao mesmo tempo, o uso da tecnologia também é uma demonstração de transparência para alunos e candidatos em relação aos procedimentos que a instituição adota em diversas situações – um concurso é uma delas.

 

blockchain na educação

 

Gestão eficiente

O impacto que o uso da Blockchain na educação atinge também a gestão administrativa da instituição. Além da segurança e da transparência, citados acima, é possível reduzir custos e também a burocracia do dia a dia. O controle de frequência dos alunos, por exemplo, é uma das rotinas que pode migrar para a Blockchain, assim como os materiais didáticos. Os especialistas acreditam que mais do que uma gestão mais eficiente, com a tecnologia as instituições têm a oportunidade de reinventar o próprio negócio, aumentando a rentabilidade a partir da troca de processos físicos pela Blockchain.

 

Informações unificadas

Para o aluno de uma instituição de ensino, o uso da Blockchain na educação traz na prática a possibilidade de ter todo o seu histórico em uma base de informação unificada. Mesmo que troque de curso e até de país, por exemplo, informações como notas e faltas, certificados de conclusão, créditos, equivalências e até diploma, como veremos a seguir, estarão em um único lugar. Funciona como um documento pessoal do aluno com as características da Blockchain e que podem ser acessados permanentemente. Isso teria grande utilidade principalmente quando ocorre transferência para outro curso. Basta repassar a chave de acesso para que as informações seja visualizadas e a base continue sendo atualizada.

 

Leia também:
Inteligência Artificial e Educação: como AI impacta na forma de aprender;
Conteúdo EAD e o novo comportamento dos alunos: desafios e decisões;
O que é preciso saber para ofertar EAD com sucesso.

 

Verificação de créditos e títulos

Outro dos impactos positivos do uso da Blockchain na educação está na verificação de créditos e títulos. É uma facilidade para os alunos e para as instituições também. A situação é comum: aluno pretende prestar um concurso público, por exemplo, e precisa de documentos comprobatórios da instituição onde estudou. Sem usar a Blockchain, precisaria fazer uma solicitação ao setor responsável e isso poderia levar dias até que fosse fornecido. Do lado da instituição, pense no tempo que um funcionário precisa dedicar para essa tarefa. Com a Blockchain, cria-se um enorme atalho. A verificação e validade de créditos e títulos ocorre com uma consulta na internet para conferir o que está na Blockchain.

 

Diplomas e certificados digitais

O diploma pendurado na parede é um símbolo importante na vida dos estudantes, mas o uso da Blockchain na educação pode modificar um pouco esta prática. A ideia é adotar o diploma digital pela praticidade, confiabilidade, mas principalmente pela segurança que a Blockchain proporciona, o que seria uma ação importante contra a falsificação do documento. Além disso, há também a facilidade para acesso – permanentemente – em momentos importantes na vida de um estudante já diplomado, como em processos de seleção de emprego, por exemplo. Não vai estar na parede, mas estará acessível e em local sabido e seguro.

 

E você, o que sabe sobre o uso do Blockchain na educação? Compartilhe sua opinião com a DTCOM.

 

Assinatura Redação

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Cadastre-se na nossa Newsletter

Aceito receber e-mails da DTCOM. Não se preocupe, não enviaremos spam.

One thought on “Blockchain na educação: impactos positivos e disruptivos para instituições e alunos.

  1. Acredito que em breve, o uso de Blockchain irá causar uma revolução muito grande na educação, não somente na parte burocrática mas também na forma de aprender e ensinar.

Deixe uma resposta