Segmentação de mercado: Como a Educação Corporativa ajuda a empresa a atender públicos específicos

Segmentação de Mercado: prepare seus colaboradores com a educação corporativa

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Não é recente o movimento que muitas empresas fazem com o objetivo de atender mercados específicos. A aposta em nichos é feita em diferentes ramos de atividade e por empreendimentos de todos os portes com o objetivo de obter uma vantagem competitiva diante da concorrência acirrada e, assim, reduzir os impactos da conjuntura econômica sobre o negócio. Mas com o crescimento e expansão das plataformas de Big Data, abriu-se uma grande janela de oportunidades a partir do uso de dados para a identificação do cliente ideal e, por consequência, para a segmentação de mercado.

Mas não basta determinar que agora a atuação será segmentada porque a decisão desencadeia um efeito cascata e isso envolve também capacitar os colaboradores para os novos rumos da empresa. E é aí que entra a Educação Corporativa.

 

Colaboradores preparados para a segmentação de mercado

Ao identificar a oportunidade de investir em um segmento, a empresa precisa estabelecer um plano de ação para que as mudanças e novas ações sejam colocadas em prática com sucesso. O caminho para isso passa por reunir todas as informações sobre o segmento de mercado e iniciar um processo interno junto aos colaboradores com duas frentes, tendo formatos e plataformas de Educação Corporativa como suporte.

 

Justificativa e conhecimentos sobre o mercado

Justificativa e conhecimentos sobre o mercado

A primeira frente é compartilhar os dados reunidos que justificam a opção pela segmentação de mercado. Será a base para gerar o engajamento de todos em torno da decisão e tudo o que estiver relacionada à ela (novos produtos, novos serviços, novos investimentos, novos procedimentos de prospecção e vendas…).

Este é o momento também de aprimorar os conhecimentos dos colaboradores sobre mercado que será atendido. A empresa pode apresentar conteúdos baseados em pesquisas, em notícias e também em histórico, se houver, de atendimento já realizado pela empresa dentro do segmento. É importante também oferecer informações dos concorrentes identificando características de produtos e serviços e estratégia de comunicação e marketing.

Nesta etapa do processo de segmentação, a empresa pode trabalhar com palestras e material didático que inclui e-books, vídeos, infográficos e questionários para avaliar e reforçar os conhecimentos dos colaboradores – o que pode servir de termômetro para a “virada de chave”. Ou seja, mede-se o quanto o time está preparado do ponto de vista da compreensão sobre a mudança para iniciar na sequência o desenvolvimento de novas habilidades focados no segmento escolhido pela empresa.

 

Desenvolvimento de novas habilidades

Desenvolvimento de novas habilidades

A segunda frente é a etapa em que a empresa passa a focar no desenvolvimento de novas habilidades dos colaboradores. Isso se faz necessário porque a segmentação de mercado envolve um novo posicionamento da empresa, o que inclui atender públicos específicos conforme seus hábitos de consumo, desejos, necessidades, comportamentos, características e localização. A empresa deixa de atirar para todos os lados e concentra suas ações (e investimentos) de acordo com os interesses de cada cliente que deseja conquistar e fidelizar.

Neste cenário, mais do que nunca, o time de colaboradores precisa ser transformado em um time de especialistas para uma abordagem muito mais assertiva. O bom neste caso é que os treinamentos pode ser cada vez mais personalizados, possibilitando que a empresa monte seu projeto de Educação Corporativa de acordo com as demandas relacionadas ao novo mercado que pretende atender.

Esta etapa é mais ampla que a primeira porque não é meramente introdutória, mas sim continuada. Isso significa que a empresa deve montar uma grade de conteúdo para abordar diferentes aspectos relacionados à decisão de segmentar o mercado, enfatizando quais habilidades e também competências a equipe precisa desenvolver.

Por isso, pode-se recorrer a uma plataforma de Educação a Distância e adotar materiais didáticos que possam ser bem assimilados pela equipe de trabalho. Pode-se usar e-books, vídeo aulas, questionários, mas também oferecer conteúdo em formato microlearning e acessível pelo smartphone, como uma trilha de aprendizagem por exemplo. O que ajuda neste processo é justamente o foco em segmentação, o que deve direcionar também as características do conteúdo oferecido e a possibilidade de uma aprendizagem mais ágil e assertiva para os novos tempos da empresa.

Precisa estruturar seu projeto de Educação Corporativa? Consulte a DTCOM.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Cadastre-se na nossa Newsletter

Aceito receber e-mails da DTCOM. Não se preocupe, não enviaremos spam.

Deixe uma resposta