10 dicas fundamentais para os professores de EAD

10 dicas fundamentais para os professores de EAD

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Os cursos de Educação a Distância têm como uma de suas principais características a autonomia que proporciona aos alunos. Isso, no entanto, não elimina o papel e a importância do professor, que é essencial como elo do aluno com o ambiente virtual e o conteúdo, mas também atua como motivador para que o processo de aprendizagem atinja seu objetivo.

E a tendência é isso se tornar ainda mais relevante com a perspectiva de aumento na oferta de cursos de EAD e a liberação para a ampliação de carga horária online para cursos presenciais. Ou seja, os professores de EAD têm um mercado em expansão pela frente, mas precisam estar ainda mais preparados para dar conta da missão.

Para ajudar na preparação, listamos 10 dicas para que os professores de EAD no século XXI possam ter um desempenho ainda melhor.

 

Dicas e boas práticas para professores de EAD

 

Atenção para novas tecnologias e plataformas

É recomendado que além de buscar novos conhecimentos a respeito da área em que são especialistas, os professores de EAD também precisam expandir seus horizontes. E podem fazer isso mostrando interesse em estar por dentro das novas tecnologias e plataformas de educação online.

Pode-se fazer de modo mais efetivo participando de eventos (congresso, palestras e cursos), mas também tomando a iniciativa de testar por conta própria formatos e ferramentas. Isso vale até para algo aparentemente simples como acessar uma rede social e procurar extrair disso insights que possam ser aplicados no trabalho com os alunos.

Esta é a dica que lembra que inovação é a chave de qualquer iniciativa que envolve interação com público. É o que ajuda muitas vezes a surpreendê-lo e cativá-lo.

 

Tempo e atenção ao planejamento

Os professores de EAD devem dedicar tempo e atenção ao planejamento das atividades do curso. É importante trabalhar de forma planejada e atentos a todas as possibilidades que a Educação a Distância pode proporcionar também para quem tem a missão de facilitar o aprendizado do aluno.

A dica, neste caso, é planejar, mas estar sempre aberto a novas possibilidades. Ou seja, o planejamento é o fio condutor, mas ao conhecer de perto o dinamismo do segmento de Educação a Distância pode-se “dobrar uma esquina” e adotar uma nova tecnologia ou uma nova ferramenta que trará resultados ainda melhores.

Por exemplo, o curso pode ser baseado em conteúdos como e-books e poucas ou quase nenhuma vídeoaula. No meio do processo, o retorno dos alunos pode indicar que é necessário inverter e oferecer mais conteúdo em vídeo. Mesmo que isso não esteja no planejamento, esse tipo de mudança pode estar prevista pelo menos com o mapeamento de ferramentas capazes de dar a agilidade necessária para ser executada.

 

Parceria com direção e coordenação

Da mesma forma que planeja como será sua atuação, os professores de EAD também podem procurar uma aproximação maior com a direção e a coordenação dos cursos. Como veremos a seguir, o papel do professor na ponta do processo tende a ser benéfica para o aluno, mas também para a própria Instituição de Ensino Superior. Ele poderá contribuir de forma decisiva para o aprimoramento do curso, torná-lo melhor e mais atrativo com base nas contribuições que pode oferecer.

Levante ideias e possibilidades de incrementar o curso, com conteúdos inovadores e uma interação mais forte com os alunos. Só isso já abre “n” oportunidades para a IES ter um curso muito melhor pelo próprio retorno dos alunos.

 

Invista em criatividade

Invista em criatividade

Os professores de EAD têm um desafio e tanto por atenderem alunos que estão cada vez mais conectados. A disputa por atenção é enorme e isso só pode ser combatido com uma boa dose de criatividade.

Por isso, procure meios de desenvolver seu lado criativo. Invista em aprimorar o desenvolvimento de novas ideias, de pensar fora da caixa. Tenha em mente que as atividades precisam ser atraentes o suficiente para que os alunos estejam no ambiente de estudo e permaneçam atentos ao conteúdo e não com vontade de sair para conferir cada nova notificação.

Aliás, toda essa lista de dicas fundamentais é um bom começo para que os professores de EAD passem a observar com um olhar mais perspicaz a tudo o que ocorre no mercado de Educação a Distância, incluindo o comportamento dos alunos, para que possa agir de modo a surpreendê-los com atividades e interações mais criativas.

 

Busque por conteúdos atrativos

Na busca por conteúdos mais atrativos, uma das possibilidades é identificar plataformas que agregam maior dinamismo ao trabalho. Ou seja, o professor precisa agir sempre que necessário para que os alunos não fiquem desmotivados e deixem de cumprir as atividades indicadas.

O problema pode estar nos alunos? Pode ser fruto de dificuldades de casar a rotina diária (de trabalho) com os estudos? Sim, pode. Mas o tipo de conteúdo proposto também pode estar atrapalhando o desempenho. Talvez não seja o mais adequado, o mais dinâmico para aquele público.

De repente, o melhor seria oferecer mais conteúdos do tipo microlearning, mais rápidos de serem acessados e assimilados. Ou então, conferir as funcionalidades de uma plataforma como a WayCO, da DTCOM, que conta com um grande banco de Disciplinas Digitais, com diferentes formatos de conteúdos, e que pode dar uma nova dinâmica para os cursos de EAD.

Na WayCO, os professores ganham a possibilidade de trocar conteúdos, substituir aqueles que podem não estar “agradando” os alunos e oferecer algo mais atraente na forma e também no conteúdo. É um modo de manter o material didático menos estático e muito mais assertivo – o que só aumenta com uma interação mais eficiente entre professor e aluno.

 

Entender e manter-se atualizado sobre EAD

Tanto quem acabou de “chegar” e está se ambientando ao modelo de Educação a Distância quanto quem já está há mais tempo na área não pode deixar de manter-se sempre atualizado sobre as novidades de EAD.

Precisa mesmo? Sim, precisa, porque isso é que dá aos professores de EAD os insights necessários para aprimorar seu trabalho e, mais do que isso, atuar de forma pró-ativa visando também a construção de cursos melhores e com melhor repercussão entre os alunos.

Por isso, recomenda-se a leitura constante sobre tendências, ferramentas, desenvolvimento de material didático inovadores e de qualidade e recursos multimídias. Como destacado acima, se puder participar de eventos sobre EAD, ainda melhor. É sempre uma boa oportunidade de agregar novos conhecimentos e melhorar a própria performance a médio e longo prazos.

 

Estude modelos e rotinas de interação

A interação com os alunos de EAD é parte importante tanto para o aprendizado quanto para o sucesso do curso. Por isso, estude ao máximo os canais que são oferecidos pela plataforma de EAD utilizada e avalie suas funcionalidades, sua usabilidade, sua praticidade e se é o suficiente para servir de canal eficiente de interação.

Na maioria das vezes, os fóruns têm boa performance. Mas nada impede que você, com base na experiência prática com os alunos, não possa propor novos canais de interação para a direção da IES. Veja o caso do WhatsApp.

Queira ou não, o aplicativo é hoje em dia o principal meio de comunicação da maioria das pessoas. Estabelecendo regras claras de uso, para evitar abusos e deixando claro para que serve e que tipo de mensagens podem ser enviadas. Por exemplo, dúvida sobre pagamento de mensalidades não é problema do professor. Mas uma dúvida sobre um determinado exercício pode ser tirada – compartilhada – em grupo de alunos. Ganham todos.

 

Prepare-se para desenvolver novas habilidades

Prepare-se para desenvolver novas habilidades

As oportunidades para um professor de EAD aumentam a medida que ele compreende a importante de desenvolver novas habilidades. Habilidades essas que vão contribuir para que tenha algo a mais a oferecer para a direção da instituição para a qual trabalha. O melhor exemplo disso são aqueles professores de EAD que buscam aprimorar sua desenvoltura à frente das câmeras, abrindo a possibilidade de protagonizar vídeoaulas ou mesmo vídeos mais curtos para postagem em redes sociais.

Busque cursos técnicos na área, estude o gestual adequado, aprimore sua voz e pronúncias.Vídeos são cada vez mais importantes e saber como agir, com naturalidade, faz grande diferença para captar a atenção dos alunos e transmitir conhecimento.

 

Conheça o perfil dos alunos

Da mesma forma que é cada vez mais recomendado que as Instituições de Ensino Superior que trabalham com EAD obtenham mais informações sobre os alunos para acertar na oferta dos cursos, os professores também têm muito o que ganhar sabendo mais sobre o que está na ponta final do processo.

Entender um pouco mais sobre o comportamento e, principalmente, sobre o hábito de consumo online de informações é essencial para os professores de EAD. É o que irá ajudar a definir, por exemplo, que ferramentas têm uma resposta mais rápida em caso de interação. A maioria pode informar que prefere receber informações por WhatsApp e nem usa o e-mail. Se é assim, qual melhor canal escolher?

As informações principais sobre os alunos estão na secretaria do curso, mas o professor pode trabalhar a questão também nos canais de interação, convidando o aluno a compartilhar seus hábitos (por formulário seria o ideal).

 

Avalie seu papel de facilitador

O hábito de avaliar seu papel como facilitador não pode ficar de fora da rotina dos professores de EAD. Por mais que tenha se esforçado para planejar e oferecer o melhor conteúdo e atendimento aos alunos, é importante que seja feita sempre uma avaliação criteriosa sobre como está sendo o trabalho.

A ideia aqui é buscar o aprimoramento constante também como forma de contribuir para a redução das taxas de abandono de curso, um dos fantasmas que muitas IES costumam enfrentar. Ou seja, no papel de facilitador, o professor tem boa parte da responsabilidade de manter os alunos motivados também pelo atendimento que recebem.

Nesta avaliação, procure formas, em conjunto com a coordenação do curso, de também buscar a opinião dos alunos. O que será que eles estão pensando sobre seu trabalho? Está faltando alguma coisa? O que está deixando a desejar? Respostas para estas e outras perguntas certamente ajudaram os profissionais a serem professores de EAD muito melhores.

 

Acompanhe o conteúdo do blog da DTCOM e fique por dentro das novidades e tendências sobre Educação a Distância.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Cadastre-se na nossa Newsletter

Aceito receber e-mails da DTCOM. Não se preocupe, não enviaremos spam.

Deixe uma resposta