Esqueceu sua senha?

Portal Competência

13 de agosto de 2013
Samuel Marques


Você conhece as Despesas Ninja?

Ninjas cortem a cabeça de seu planejamento financeiro

despesas-ninja-dinheiro

Certamente você conhece a figura do Ninja. Trata-se de um guerreiro oriental que ataca sem mostrar seu rosto, desfere golpes mortais e foge sem deixar pistas.

Mas hoje eu não quero falar necessariamente da cultura oriental, quero lhe apresentar uma vertente diferente desse faceiro personagem, a qual está bastante presente em nosso cotidiano: as Despesas Ninja. Elas são sorrateiras e desferem golpes mortais no seu orçamento – sem que você descubra o verdadeiro culpado pelo sumiço do dinheiro. Dentre essas espadachins do salário, está a “despesa eventual que é permanente”.

“Como assim?” – você deve estar se perguntando… É isto mesmo: algumas despesas que nós achamos que são eventuais, e por isto nunca são incluídas no planejamento, na verdade são despesas permanentes.

Um exemplo prático? Os presentes. Todos nós oferecemos presentes em datas especiais e temos a sensação de que o presentinho é um gasto esporádico, que acontece só de vez em quando e, por esta razão, não precisamos planejar esta despesa e nem mesmo anotar na planilha de gastos. Puro engano. Os presentes são uma despesa permanente que precisam de um forte planejamento ou o seu bolso vai pagar por isto: literalmente.

Ainda não se convenceu? Então vamos contar quantos presentes você dá todos os anos em datas comemorativas:

1. Páscoa: crianças e adultos
2. Dia das mães: sua mãe, sua sogra, sua avó
3. Dia dos pais: seu pai, seu sogro, seu avô
4. Dia dos namorados: sua namorada, sua esposa
5. Dia das crianças:
6. Natal: presentes melhores
7. Ano novo: amigo secreto

São sete presentes no mínimo. Agora vamos contabilizar a categoria “Aniversários”:

1. Seu aniversário: você merece um presente, uma festa;
2. Aniversário da esposa/namorada;
3. Aniversário do seu pai;
4. Aniversário da sua mãe;
5. Aniversário dos filhos;
6. Aniversário do chefe e colegas de trabalho;
7. Aniversário de casamento/namoro;
8. Aniversário do cachorro. Não duvide, tem gente que comemora!

E tem mais…

Podemos acrescentar presentes aos parentes e amigos que se casam inesperadamente. Ou uma face ainda mais mortal desse custo disfarçado de agrado: o presente especial quando você é o padrinho de casamento de alguém.

Se a sua lista chegar a 20 presentes por ano – e eu garanto que isto não é difícil – é melhor preparar o bolso. A associação dos lojistas de shopping divulgou que o ticket médio dos presentes no ano passado foi de R$ 65,00. Sendo assim, você teria um gasto anual de 1.300,00 comprando 20 presentes com valor médio de R$ 65,00 cada.

É por isto que o dinheiro desaparece da conta bancária sem que a gente identifique onde é que foi gasto. São as Despesas Ninja batendo forte, dando golpes pungentes nas suas economias.

Deixo bem claro, contudo, que não sou contra os presentes. Presentear as pessoas é uma demonstração de amor e carinho, que deve ser praticada em todos os relacionamentos saudáveis. Minha intenção é apenas destacar que esta despesa, como todas as outras, precisa de um planejamento para que você não se perca e acabe gastando mais do que pode, ou sem ter conhecimento do destino dos seus recursos.

E não são apenas os presentes, que fazem parte da categoria dos Ninjas temporários que na verdade são permanentes: temos também os perfumes, os calçados, os gastos com happy hour… É melhor você colocar isto tudo no papel antes que os Ninjas cortem a cabeça de seu planejamento financeiro. Falo sobre outros “Ninjas” no próximo artigo.

Grande Abraço,



Samuel Marques