Esqueceu sua senha?

Portal Competência

30 de junho de 2014
Samuel Marques


O test drive da aposentadoria

Você sabia que existe a possibilidade de receber como benefício de aposentadoria o mesmo valor que recebia na ativa?

O_test_drive_da_aposentadoria_pc

Todo mundo gosta de test drive. Passar em uma concessionária e dirigir o último lançamento da montadora é sempre uma emoção. Para o cliente, é uma maneira de avaliar o produto. Para a concessionária, uma forma de deixar o gostinho de quero mais na mente do futuro proprietário do veículo.

Os supermercados também adotam esta metodologia de marketing. Quando uma promotora oferece a degustação do produto dentro da loja, você está fazendo um test drive. Ao experimentar o novo sabor da maionese, você pode colocar um frasco no carrinho influenciado pela experiência da degustação.

Agora quero apresentar a você uma novidade: o test drive da aposentadoria.

Como você já sabe, a previdência social possui um teto de benefícios. Sendo assim, no momento da sua aposentadoria, o INSS pagará a você como renda (ou benefício) de aposentadoria, um valor igual ou MENOR do que R$ 4.159,00*.

Para quem tem um salário menor do que este teto, existe a possibilidade de receber como benefício de aposentadoria o mesmo valor que recebia na ativa. Para isto, é preciso suprir os critérios de tempo, valor das contribuições e idade.

Mas os contribuintes cujo salário é maior do que o teto – ou seja, aquelas que ganham MAIS do que R$ 4.390,24 – não poderão receber um benefício equivalente à renda da ativa, mesmo que tenham preenchido os outros critérios.

Quando encontro pessoas nesta situação nos atendimentos de preparo para aposentadoria, eu costumo recomendar o test drive da aposentadoria, que consiste no seguinte: passar um ou dois meses tentando equilibrar todas as contas dentro do valor estimado de benefício.

Imagine por exemplo alguém que tem uma renda mensal de oito mil reais. O que geralmente acontece com esta família é que as despesas são projetadas para consumir toda a renda. A casa, o carro, a faculdade dos filhos, as compras no supermercado, tudo é pensado dentro do padrão de renda com o qual eles contam no mês a mês.

E como será a vida com a metade desta renda? Como diminuir de 8 mil para 4 mil os gastos da família?

É justamente aí que entra o test drive. Percebendo a diferença com antecedência, esta família poderá fazer diversas adaptações como estas que relaciono a seguir:

  1. Propor maior independência financeira aos filhos adultos;
  2. Redução das despesas não essenciais;
  3. Buscar por fontes de renda alternativa, como por exemplo, um imóvel alugado ou um plano de previdência complementar.

Ao fazer o test drive, esta família pode concluir que precisa tomar algumas destas atitudes para que o padrão de vida adotado não sofra um corte dramático no momento da aposentadoria. O tema Previdência é, em sua essência, um conjunto de atitudes para chegar melhor preparado neste momento.

Vamos pensar assim: todos sonham em comprar um carro zero quilômetro, mas aqueles que levam esta decisão a sério vão até a concessionária fazer o test drive.

Do mesmo modo, todos sonham com o momento da aposentaria e aqueles que entendem a importância do assunto farão o test drive da aposentadoria.

Que tal fazer o seu?



Samuel Marques