Esqueceu sua senha?

Portal Competência

13 de agosto de 2013
Administração


Que tal contratar um colaborador na terceira idade?

Empresas identificam vantagens na admissão de idosos

Que tal contratar um colaborador na terceira idade

A rede de livrarias Laselva Bookstore, o banco Santander, a Apsen Farmacêutica, a rede de fast-food Bob’s, o Grupo Pão de Açúcar. Essas são apenas algumas das empresas que estão desenvolvendo programas específicos para a contratação de colaboradores na terceira idade.

Além de ser uma ação de responsabilidade social, as organizações também encontram benefícios na admissão de profissionais com mais de 50 anos.

Abrir as portas para a terceira idade revolucionou uma empresa de grande porte atuante na região sul do país na qual a psicóloga organizacional Luana Queiroz trabalhou. Segundo Luana, que operava no setor de RH da companhia, a organização enfrentava problemas de absenteísmo, falta de pontualidade e mau atendimento vindos dos menores aprendizes. A solução veio com a admissão de colaboradores idosos.

“A qualidade do atendimento ao cliente melhorou significativamente, assim como a postura dos aprendizes – que passaram a receber conselhos e puxões de orelha dos mais velhos”, depõe Luana. A psicóloga, que hoje é consultora da Alvo RH, ainda garante: “a terceira idade tem responsabilidade e um sentimento enorme de gratidão pela empresa. A rotatividade com eles cai de maneira expressiva”.

Outra empresa que tem experimentado as vantagens da contratação de profissionais acima dos 50 anos é a rede gaúcha de supermercados Imec. A seleção desses candidatos é feita pelo programa Melhor Idade. O idoso procurado pelo RH da organização precisa ter bom relacionamento interpessoal e interesse em retomar ou dar continuidade à vida profissional.

A diretora de RH da empresa, Clara Bandeira, conta que, graças ao programa Melhor Idade, atualmente 10% do quadro de colaboradores da Imec é composto por pessoas acima de 50 anos. “A tendência é que cada vez mais o mercado aceite este profissional. Eles têm vários valores a serem agregados às organizações, como: sintonia entre as gerações, respeito, dedicação, experiência, confiança e ainda podem ser disseminadores de conhecimento”, argumenta Clara.



Redação, Portal Competência