Esqueceu sua senha?

Portal Competência

16 de outubro de 2013
Carla Virmond Mello


Prontos !?… Estaremos um dia?

Vida e Carreira

Prontos Estaremos um dia

Inteligências como Einstein, Hawking, Newton, Beethoven não fizeram qualquer negócio, fizeram o que só eles fariam e na época em que fizeram. Tudo a seu tempo! Em um mundo que muito havia a ser feito, ser inventado, descoberto e transformado. Em um mundo em que talento era talento para sempre e ponto final.

Deste mundo pouco restou, mas muito há para se aprender. Precisamos aprender a dar mais valor à experiência e à simplicidade que há no saber fazer, aprender a dar valor aos cabelos brancos e à serenidade que há nestas decisões. Sem soberba, mas com maturidade, para enfrentar um mundo que envelhece, porém não para. Como lidar com esse paradoxo? Percebendo os momentos e a nossa prontidão para cada ação, para cada ciclo de vida e de carreira.

No desenvolvimento permanente daqueles que se dispõem a isso e no autoconhecimento é que fazemos as grandes transformações que nos permitem enxergar com clareza o momento ideal de avançar ou recuar. Mas será que percebemos quando estamos prontos? Muitas vezes não. É preciso um olhar muito crítico sobre si, somos talvez mais generosos conosco quando a percepção significa uma ascensão. Mas, e quando o sinal é para recuar ou parar?

Quando tempo duramos como talentos? Seremos talentos para sempre neste mundo tão fugaz de sensações e percepções? Alguns acreditam que sim na sua possibilidade de onipresença e onipotência que a tecnologia nos ajudou a ter, mas que humanamente não se tornou possível. Quando estaremos prontos? Aliás, prontos para quê exatamente?

Importante entender cada momento e o quanto de nós está presente neste momento, qual o sentido das coisas e qual o significado da nossa doação. Não é à toa que tanto nas empresas como na vida das pessoas o significado tornou-se um novo valor, a prontidão tomou o lugar da sucessão e que a retenção não passa de uma relação de confiança e interesse pelo que cada um tem de melhor.

Talentos como antes? Sim. Com prazo de validade? Sim. Porém, com múltiplas escolhas e um longo tempo pela frente. Mundo longo e impermanente este!



Carla Virmond Mello

Diretora da consultoria Lee Hecht Harrison|DBM para região sul do Brasil; Consultora de Carreira e Coach Vice-Presidente da International Coach Federation – Capítulo Paraná.