Esqueceu sua senha?

Portal Competência

21 de agosto de 2014
Silvia OSSO


Relacionamento no trabalho entre gerações

O mundo corporativo está precisando aprender a lidar com diferentes visões de mundo

Relacionamento_no_trabalho_entre_geracoes_pc

As mudanças na sociedade e nos perfis das gerações ao longo dos últimos anos têm afetado substancialmente o mercado e as relações de trabalho. O mundo corporativo está precisando aprender a lidar com diferentes visões de mundo e compatibilizar essas gerações e suas características. Estão em atividade os:

Baby Boomers: Profissionais dos 50 a 70 anos, que priorizam o trabalho e são extremamente disciplinados. Dedicam-se à carreira e são leais à empresa.

Geração X: De 30 a 49 anos, são profissionais maduros, que buscam equilíbrio entre vida pessoal e trabalho. O aperfeiçoamento profissional é algo valorizado.

Geração Y: A chamada “Geração internet”, de 18 a 29 anos, que está sempre conectada e costuma fazer tudo ao mesmo tempo. Buscam novas experiências e o reconhecimento profissional.

O convívio dessas gerações tem sido um desafio para as empresas, por isso aqui estão algumas recomendações que ajudam os participantes a equilibrarem o convívio entre todas elas:

Apareça moderadamente: Uma forma de ser notado é adotar a moderação no seu estilo, particularmente no vestir, no falar e no portar-se.

Evite se expor em demasia: Atrair a atenção de forma desmedida é, ao mesmo tempo, atrair a desconfiança e a inveja alheias. Atue de forma “low profile” sobre os seus próprios feitos.

Aja de forma desinteressada: Deixe seu talento fluir naturalmente, mostre que as coisas que você faz são mais simples do que na verdade são.

Elogie os colegas: Faça elogios para as conquistas dos colegas; todos gostam de elogios sinceros.

Saiba identificar o seu espaço muito bem: Adote um estilo e linguajar para cada pessoa com quem se relaciona e não acredite que todos são iguais, pois não são.

Não seja o mensageiro da má sorte: Deixe para outra pessoa esta desagradável incumbência. Acostume-se a levar boas notícias aos seus superiores. Evite ser carimbado como uma pessoa desagradável na presença dos demais.

Cada pessoa no seu espaço: Não adote uma postura íntima com as pessoas só porque você trabalha com elas. Seja cordial e aberto, mas jamais íntimo. Lembre-se de que no trabalho há colegas não amigos.

Se for criticar, não o faça indiretamente: Às vezes, é necessário criticar um assunto ou um colega de trabalho. Se for criticar, o faça da forma direta e polida possível. Não reclame o tempo todo do seu chefe ou dos colegas. Honestidade em excesso só pode prejudicar os relacionamentos.

Faça por merecer: Seu colega ganhou um bônus e você não? Melhor do que ficar reclamando é mostrar que também merece ou analisar seus próprios limites. Identificar onde errou e onde pode conseguir melhores oportunidades é mais importante que reclamar.

Cada um é cada um: Jamais comente sobre gosto pessoal ou aparência dos colegas. Preserve as pessoas com quem você convive no ambiente de trabalho.

Não seja sarcástico: Isso gera uma marca indelével no profissional e demora um bom tempo até que as pessoas se livrem dessa marca.

Perceba como os outros o veem: Analise-se o tempo todo. Durante o expediente muitas pessoas estão observando o que você faz, seus gestos, palavras, ações e comportamentos. Seja seu próprio espelho e critique-se sempre.

Seja racional: Controle suas emoções. Ninguém precisa saber o tempo todo o que o aborrece mais ou o que lhe causa mais alegria e irritação.

Use as vantagens da vanguarda: Ficar um pouco à frente do seu próprio tempo pode causar vantagens ou incompreensão de seus atos. Perceba como agir.

Leve prazer para as pessoas: As pessoas deixam de lado ou ignoram pessoas desagradáveis. Torne-se agradável no ambiente de trabalho. Os colegas vão querer estar ao seu lado e lembrarão sua positividade. Como não é possível agradar a todos o tempo todo, procure agir desta forma a maior parte do tempo.

Essas pequenas regras permitem aproximar profissionais de várias gerações angariando a simpatia, concordância e o bom relacionamento no trabalho. Com isso, todos ganham: a empresa, as pessoas e os profissionais.



Silvia OSSO

É palestrante e consultora de empresas. Jornalista , especialista em varejo,é autora dos livros Atender bem dá lucro ; Programa Prático de Marketing para Farmácias; Administração de Recursos Humanos e do DVD Etiqueta Empresarial.Contato via e-mail: siosso@uol.com.br . Para adquirir meus livros : www.lojacontento.com.br