Esqueceu sua senha?

Portal Competência

9 de janeiro de 2014
Portal


Papel do líder no desenvolvimento profissional dos funcionários

Empresas estão mudando seus conceitos

Papel-do-lider-no-desenvolvimento-profissional-dos-funcionarios

As empresas estão mudando seus conceitos, principalmente na visão que têm sobre quem cria e entrega produtos e serviços: as pessoas. Começam a compreender que o ativo cliente é o maior bem da empresa, agora com visão extensiva ao cliente interno, ou seja, seus colaboradores. Temos que considerar que as pessoas passam boa parte de seu tempo e de suas vidas trabalhando dentro das organizações, e as organizações dependem das pessoas para funcionarem e alcançarem a longevidade no mercado. Por outro lado as pessoas dependem das organizações para evidenciarem sua capacidade produtiva e garantir o alcance de seus anseios profissionais e também pessoais. No meio desse fogo cruzado, estão os líderes que precisam alinhar o grande desafio da gestão que é o conflito entre objetivos organizacionais e individuais.

Segundo o Coach Rogério Mesquita, especialista em Gestão Estratégica e Gestão de Grupos, hoje as empresas buscam aumentar sua participação no mercado e o papel do Líder é primordial nesse processo, ele tem que entender o potencial de sua equipe e trabalhar no desenvolvimento. “Os liderados que se desenvolvem no menor tempo trazem resultados mais rápidos para a empresa. Esse desenvolvimento tem como objetivo o superar e explorar seus potenciais, isso acontece quando inspirados pelo Líder”, disse.

Muitos Líderes desafiam de forma incorreta suas equipes. A cobrança por resultados é grande, mas somente será alcançada se as pessoas tiverem competências compatíveis com as exigências. As equipes necessitam aprender eu não apenas obedecer. No contexto organizacional, o líder diferencia-se do chefe, que é aquela pessoa encarregada por uma tarefa ou atividade de uma empresa e que, para tal, comanda um grupo de pessoas, são necessárias não só as competências do chefe, mas principalmente as do líder, sendo as do líder bem mais valorizadas, não só pelas empresas como pelos funcionários.

A relação líder e liderado se faz pela admiração e não pelo medo. Conhecemos muitos gestores que lideram pelo medo, eles têm a obediência em curto prazo, sem um trabalho adequado para com sua equipe, ele poderá criar fatos que resultarão em sua queda. A empresa entenderá alguns sinais emitidos pela equipe como pedido de demissão, baixo rendimento, falta de comprometimento com os projetos e metas. “Quando se é líder por admiração os liderados são leais, tem maior comprometimento com a empresa e com as diretrizes. Ele proporciona mecanismos e oportunidades de crescimento despertando o sentimento de gratidão, isso estabelece um vínculo tão forte que as pessoas se esforçam muito mais para não decepcionar o líder”, explica Rogério.

As empresas clamam por líderes atualizados, líderes clamam por equipes comprometidas, equipes clamam por líderes que saibam potencializar. Então é preciso que as empresas definam melhores regras para os líderes e lhes dê a oportunidade de atualização. Os líderes precisam acreditar mais no potencial de suas equipes e se responsabilizar a ensinar e gerar desenvolvimento, e por fim os colaboradores devem ter a responsabilização e a consciência da necessidade de aprimoramento contínuo.

“A liderança é uma habilidade que traz motivação e influencia os liderados, de forma ética e positiva, para que contribuam com entusiasmo no alcance dos objetivos da equipe a qual fazem parte”, esclarece.

Sobre Rogério Mesquita

Natural da cidade de Catalão, é ex-jogador de futebol, hoje dedica sua vida para treinando pessoal no campo da liderança e auto-disciplina. Formado em Administração de Empresas, Pós-graduado em Gestão Estratégica e em Gestão de Grupos, especialista em Coach, Master em PNL, Hipnólogo, professor e escritor, ministra palestras e treinamentos em faculdades e empresas de todo o Brasil e no Exterior. Seu jeito dinâmico, instigador, criativo, envolvente, alegre e transformador faz com que o seu público sempre lhe avalie com altos índices de aceitação, são mais de 100 palestras ministradas ao ano.  Rogério Mesquita enfatiza em suas palestras que não é somente dos grandes centros que saem os vencedores, que existe sim espaço para todo aquele que acredita e corre atrás da realização de seu sonho. “Acredite no seu potencial e faça acontecer”.



Redação, Portal Competência