Esqueceu sua senha?

Portal Competência

12 de dezembro de 2013
Silvia OSSO


O marketing pessoal nas festas de final de ano

Manter a sua postura é um fator muito importante

O marketing pessoal nas festas de final de ano

É no final de ano que ocorrem as melhores oportunidades de encontros e reencontros. É uma época de congraçamento, quando as pessoas se mostram mais sensíveis e abertas ao convívio e que é importante aproveitar ,com certa dose de etiqueta.

O espírito de Natal conspira favoravelmente. Embala comemorações das mais diversas, desde jantares de associações de classe a festejos com companheiros de empresas onde atuamos anteriormente. São ocasiões preciosas tanto para obter informações sobre o outro e o mercado, como para difundir nossos planos e projetos. Mesmo confraternizações da  empresa atual podem ser muito férteis, abrindo perspectivas inimagináveis. Festividades  proporcionam a chance de interagir com os demais colegas e descobrir interesses comuns, capazes de descortinar novos horizontes.

O clima natalino favorece o convívio mais estreito em todas as instâncias. Um antigo conhecido não estranhará, por exemplo, um telefonema desejando boas festas. É provável que, ao contrário, se sinta honrado com a lembrança. Quebra-se, assim, o gelo, o que permite imprimir outro ritmo ao relacionamento a partir de então. A verdade é que, ao investir na aproximação com nossos contatos, atualizamos a relação e propiciamos a descoberta de novas dimensões de convivência. Ativamos também os efeitos multiplicativos dos relacionamentos, fazendo dos meus, dos seus e dos nossos conhecidos uma grande aldeia, que pode ser acessada de forma produtiva, sempre com o espírito de benefício mútuo.É portanto uma ótima época para ativar seu networking.

Por outro lado, é também nessa época que as empresas  prepararam a tão esperada festa de confraternização, pois acham ser uma excelente oportunidade para que se instale a aproximação entre os colegas de trabalho e até mesmo de chefes. Apesar do clima de descontração e da alegria em comemorar mais um ano que termina, esse ainda é um ambiente profissional. Portanto trata-se de uma ocasião saudável e produtiva se soubermos aproveitar com etiqueta; ou uma ocasião com o poder bombástico de derrubar, em apenas algumas horas, o que você levou o ano todo para construir. Falo de imagem. E imagem, como se sabe, é tudo.

Para não cometer gafes e nem comprometer o dia seguinte, lembro aqui algumas dicas importantes para funcionários e chefias.

1. Pontualidade é importante. Compareça no horário marcado para o início da confraternização, 15 minutos de atraso são tolerados. Caso não possa ir, a ausência deve ser comunicada com antecedência.

2. Geralmente, as confraternizações são somente para os funcionários. Só leve alguém se o convite foi claramente feito para a família.

3. A postura nas festas de fim de ano deve ser enfatizada pelo EQUILÍBRIO: na comida, na bebida e nas atitudes. Para as pessoas inteligentes, capazes de desfrutar com bom senso os prazeres do copo, da mesa e da companhia, o dia seguinte será hora de recordar os bons momentos da noite anterior.  Já para quem ultrapassou os limites poderá ocorrer a síndrome do dia seguinte, onde implora a Deus que ele não chegue…

4.Ficar muito tempo na festa também não é o ideal. Quanto mais alto for o cargo do executivo, menos tempo essa pessoa deve permanecer na confraternização. Isso porque sua presença tende a inibir os funcionários menos graduados.

5.Seja agradável e procure falar de amenidades. Falar mal de chefes e colegas, assim como criticar a organização da festa, é expressamente proibido.

6.Se você é formal com a maioria das pessoas, não pense que, tirando o paletó e a gravata, essa formalidade será esquecida. Não seja na festa quem você não é no dia-a-dia.

7. Cuidado com as roupas que vai usar. Lembre que está numa festa de ambiente profissional (atenção aos exageros nos decotes; cumprimento das saias ;etc).Para os homens; cuidado no exagero nas vestimentas informais (não devem adotar regatas, chinelos e bermudas a não ser que o ambiente assim o peça).

8. Se for realizado amigo secreto, o melhor é pesquisar o gosto da pessoa a ser presenteada com pessoas próximas, de dentro da empresa, bem antes da festa onde serão entregues os presentes; para evitar constrangimentos desnecessários.

9. Cuidado com os vídeos e fotos, pois tem sempre alguém com uma filmadora indiscreta ou uma máquina fotográfica que sem dúvida está lúcido o bastante para captar os melhores momentos (leiam-se micos, vexames e constrangimentos).

10. Cuidado com as postagens das fotos  e vídeos  nas mídias sociais. Hápessoas que não gostam de ser expostas.Certifique se antes de postar se estariam de acordo.

11. Por último um lembrete que vale ouro: “O que os olhos não vêem ninguém comenta”. 



Silvia OSSO

É palestrante e consultora de empresas. Jornalista , especialista em varejo,é autora dos livros Atender bem dá lucro ; Programa Prático de Marketing para Farmácias; Administração de Recursos Humanos e do DVD Etiqueta Empresarial.Contato via e-mail: siosso@uol.com.br . Para adquirir meus livros : www.lojacontento.com.br