Esqueceu sua senha?

Portal Competência

13 de agosto de 2013
Jorge Matos


A importância do autoconhecimento para o sucesso profissional

Cada empresa precisa de um perfil específico

A-importancia-do-autoconhecimento-para-o-sucesso-profissional

A busca por um lugar no mercado de trabalho está cada vez mais concorrida e muitas vezes o que se vê parece paradoxal: vagas que continuam vazias apesar de um grande número de candidatos.

Mesmo sendo bem capacitados em suas áreas específicas, muitos profissionais vêm perdendo chances no mercado por deixarem de lado um elemento essencial na avaliação de gestores: o comportamento.

Cada empresa precisa de um perfil específico, cada vaga demanda um funcionário diferente. Ao longo da trajetória de trabalho da ETALENT, vivenciamos vários episódios em que o Talento – aquela habilidade natural para o exercício de uma função – nem sempre encontra o sucesso.

Na origem desse desencontro, quase sempre nos deparamos com indivíduos conhecedores e habilidosos em suas áreas de atuação, mas com comportamentos inadequados ao cargo.

Essa situação gera resultados satisfatórios e, sobretudo, profissionais altamente infelizes: um desperdício de Talento, tempo e recursos financeiros.

Para gerar os resultados esperados, a empresa precisa criar um ambiente empresarial adequado à natureza dos colaboradores e suas dinâmicas de trabalho. Já ao candidato, cabe conhecer bem seu comportamento para avaliar se o perfil procurado é o seu.

Cada perfil reage de maneira diferente a situações diversas e essa característica precisa ser considerada pelo gestor, na hora da contratação, e pelo candidato, na busca de emprego.

Quando gostamos do que fazemos e nos sentimos bem no cargo que ocupamos, tendemos a buscar mais conhecimentos e a desenvolver nossas habilidades no curto, médio e longo prazo.

Da mesma forma, se estamos infelizes em uma função inadequada, não teremos estímulo para melhorar, pois estaremos indo contra nossa natureza.

Nas diversas consultorias realizadas pela ETALENT, encontramos casos de pessoas que ocupavam vagas não compatíveis com seu perfil comportamental. A maioria dos candidatos tende a não se preocupar com o conhecimento do seu próprio perfil antes de conhecer o perfil da vaga desejada.

O inventário comportamental DISC ETALENT, que desenvolvi com minha equipe em 2001, é uma ferramenta que auxilia cada indivíduo a entender seu perfil comportamental. DISC é a sigla utilizada para os quatro fatores comportamentais – Dominância, Influência,

Estabilidade e Conformidade – identificados pelo americano William MoultonMarston, Ph.D em psicologia pela Universidade de Harvard.

Com base nos estudos de Marston, criamos uma ferramenta integralmente brasileira e online capaz de avaliar com precisão e margem de erro inferior a 0,001%, como são distribuídos os quatro fatores comportamentais em cada uma das pessoas.

A aplicação do DISC ETALENT ajuda a conhecer o talento de cada indivíduo, fator essencial para mudar o cenário do mercado brasileiro. É preciso dar o devido valor ao autoconhecimento para transformar o potencial das pessoas em atitudes de alta performance e, dessa forma, ampliar os resultados empresariais e a satisfação pessoal dos profissionais.



Jorge Matos

Mestre em Gestão Empresarial pelo ISCTE / FGV e formação em Administração de Empresas pela Universidade de Pernambuco - FESP-UPE. Atuou como Executivo do Grupo Accor, Grupo Industrial João Santos e IT Companhia Internacional de Tecnologia e executou diversos projetos nas áreas de Gestão Empresarial, Recursos Humanos, Planejamento Estratégico, Gestão de Mudança e Educação, Vendas e Atendimento para empresas. Atualmente, é Presidente da ETALENT, Professor da FGV e Autor do Livro Talento Para a Vida.