Esqueceu sua senha?

Portal Competência

12 de agosto de 2013
Administração


A hora e a vez das consultorias

IBCO orienta sobre as vantagens e como contratar

consultoria

Quando um gestor identifica em sua empresa um desafio que dificilmente vai ser vencido apenas com os recursos de dentro da própria organização, é a hora de considerar a contração de uma consultoria. De acordo com o IBCO – Instituto Brasileiro dos Consultores de Organização, a terceirização do trabalho de especialistas tem se revelado fundamental para enfrentar os desafios da gestão de empresas da atualidade. Para entender melhor o serviço e como proceder na contratação dele, acompanhe as orientações do presidente do Instituto, Cristian Welsh Miguens.

Para Miguens, os principais serviços que se buscam em uma consultoria são: implantação de sistemas de gestão de qualidade, pesquisa de clima organizacional, gestão das relações trabalhistas, consultoria de processos, sistemas de remuneração, gestão fiscal e tributária, soluções informatizadas, entre outros. “No Brasil, estão em alta as consultorias para a adequação dos processos de empresas estrangeiras à legislação local, consultoria para o uso adequado das mídias sociais e para a gestão da segurança da informação”, elucida o presidente do IBCO.

Segundo Cristian, as organizações que contam com os serviços das consultorias percebem diversos benefícios em seus negócios. “As principais vantagens são o distanciamento da situação a ser resolvida, ou seja, imparcialidade e isenção. Também há a experiência diversificada obtida com variados clientes, a especialização técnica, o acréscimo de conhecimentos à organização – pois a consultoria é responsável por preparar os funcionários do cliente – e a disponibilidade de recursos não existentes dentro da empresa cliente”, explica.

Antes de contratar uma consultoria

Por sua experiência no assunto, o presidente do IBCO declara que os empresários, antes de contratarem uma consultoria, precisam avaliar se a organização onde atuam está disposta a promover mudanças significativas em sua estrutura: “toda a consultoria propõe transformações que afetam toda a empresa, inclusive quem está contratando o serviço. Por isso, há a necessidade de uma análise interna. Também é essencial que haja uma relação de confiança com o consultor. Para isso, vai ser preciso investir tempo e esforço durante o processo de consultoria”.

Para dar mais segurança ao gestor na hora de contratar uma consultoria, o IBCO tem desenvolvido um processo de certificação para o segmento. “Procurar evidência de profissionalismo em um consultor nem sempre é tarefa fácil. A certificação é uma forma de atestar esse profissionalismo”, afirma Cristian. Para saber mais sobre como a certificação do IBCO pode ajudar na contratação de uma consultoria, acesso o site



Redação, Portal Competência