Esqueceu sua senha?

Portal Competência

13 de agosto de 2013
Administração


Empresa familiar de sucesso

O profissionalismo garante a duração da empresa

empresa familiar de sucesso

“Nossa família está unida em torno de um objetivo e cada um trabalha onde está a sua competência, seja na administração, no comercial ou na área técnica”, enfatiza Luis Carlos Fernandes, diretor financeiro da Irmãos Passaúra, empresa familiar fundada em 1987 e que hoje é líder no mercado de guindastes. O bom exemplo não é seguido por todas as empresas familiares. De acordo com dados do Sebrae, mais de 80% das empresas brasileiras são administradas em família, entretanto, apenas 5% de cada 100 organizações dessas chegam na 3ª geração.

A falta de profissionalização e de qualificação dos herdeiros que assumem a gestão corporativa é uma das principais barreiras que impedem o progresso de uma empresa familiar. Para Domingos Ricca, sócio fundador da Ricca & Associados – especializada em consultoria de Empresas Familiares – a profissionalização dos membros da família que passam a trabalhar na organização é essencial para a saúde do negócio. “É importante haver regras básicas para a inserção de parentes na empresa e estas precisam ser estabelecidas em um Código de Conduta”, aconselha Domingos.

Sucessão

A sucessão da presidência da organização é outra preocupação importante que o gestor de empresa familiar deve ter segundo o consultor especializado Domingos Ricca. “Deve ser elaborado um planejamento sucessório com antecedência, prevendo as etapas de formação de um sucessor. Também é preciso que sejam levadas em consideração as competências e afinidades do sucessor com o modelo cultural e não ter em mente apenas o grau de parentesco”, enfoca Domingos. O consultor ainda destaca que todo esse processo deve ocorrer com total transparência.

Fundada pela união de duas famílias, Passaúra e Fernandes, a empresa especializada em montagem e manutenção industrial Irmãos Passaúra jamais chegaria aonde se encontra hoje sem alguns critérios e muito planejamento da gestão familiar. Atualmente, a empresa conta com três parques industriais e mais de 4 mil colaboradores distribuídos por todo o país. Luis Carlos Fernandes destaca um dos motivos do sucesso: “para ocupar determinados cargos, é obrigatório que o membro da família tenha cinco anos de casa dentro da área, por exemplo”, afirma o diretor.

Se cuidados como os citados acima forem seguidos com rigor, Domingos Ricca declara que as muitas vantagens da Empresa Familiar passam a se sobressair. “A empresa familiar é construída sobre alguns pilares que são considerados diferenciais de mercado: credibilidade, perseverança, cultura, carisma, liderança”, diz o consultor, “para que eles se manifestem, é fundamental a inclusão de uma Governança Corporativa”.



Redação, Portal Competência