Esqueceu sua senha?

Portal Competência

13 de agosto de 2013
Administração


É possível prever o futuro da sua empresa?

A importância das análises de cenários e como fazer uma avaliação eficiente

e possivel prever o futuro da sua empresa

Em um mundo no qual os panoramas político, econômico, cultural e social têm sofrido transformações cada vez mais rápidas, os empresários se sentem inseguros em suas tomadas de decisão. Como prever o futuro de um negócio, projetar metas e esperar por sucesso diante de tamanha inconstância? Consultores em planejamento estratégico garantem que uma análise de cenários bem conduzida tem o poder de preparar as empresas para essas mudanças ambientais e contribuir, assim, com projeções mais confiáveis.

É impossível conduzir um planejamento estratégico sem antes realizar uma avaliação do cenário no qual a empresa está inserida. Essa é a opinião de Eurico Gushi, facilitador de reuniões e workshops de planejamento estratégico dentro das organizações por meio da Criaviva Consultoria. Adepto da metodologia IDM (Innovation Decision Mapping), Gushi tem essa análise como a primeira fase do processo que conduz nas companhias. “Chamamos esta etapa de Sintomas. Para que ela dê certo, recomendamos às empresas que reúnam pessoas chaves para o negócio, aquelas que têm experiência e muito conhecimento tácito”, esclarece o facilitador.

O diretor executivo da ECR Consultoria e Treinamento Empresarial, Everton Carsten da Rosa, sugere a leitura de quatro cenários principais para a elaboração de um planejamento organizacional: político-legal, econômico, sócio-cultural e tecnológico. Como fases desse processo, Carsten indica: “é interessante começar por uma pesquisa de tendências, fazer entrevistas com especialistas e analisar as respostas promovendo uma interação com o grupo de executivos da organização. Diante disso, é possível criar um consenso sobre as prováveis tendências e fazer uma análise SWOT”.

Institutos de pesquisa também têm o seu papel de destaque nas análises de cenário. A consultora organizacional Deise Bautzer é quem dá a dica. Bautzer é Mestre em Gestão Empresarial e apresenta mais de 20 anos de experiência nas áreas de planejamento estratégico e inovação. Ela aconselha: “é importante, sempre que possível, usar as pesquisas qualitativas, e não somente as quantitativas. Elas ajudam a fechar um diagnóstico com maior precisão. Publicações especializadas, cursos específicos sobre o setor e gestores que possuam empreendimentos semelhantes também auxiliam no levantamento de informações úteis”.



Redação, Portal Competência