Esqueceu sua senha?

Portal Competência

3 de dezembro de 2013
Recursos Humanos


Conteúdo aplicado em Educação Corporativa

Transforme informação em conhecimento

Conteudo aplicado em Educacao Corporativa

Quem atua com educação corporativa não pode esquecer que informação é diferente de conhecimento. Nas sociedades de hoje circulam um número expressivo de informações. Mas, apesar de terem contato com uma significativa quantidade de conteúdos, nem sempre as pessoas são transformadas por eles.

O contexto acima não se torna diferente dentro das organizações. Portanto, não basta ao RH conceder informações relevantes por meio de ações diversas de capacitação e comunicação. É preciso garantir que o conteúdo transmitido seja aplicado à realidade do colaborador dentro da empresa.

Andrea Schoch é Mestre em Educação e há mais de 15 anos atua no contexto corporativo. Ela defende a existência de conteúdos aplicados nas estratégias empresariais de capacitação. “É inadmissível que a educação dentro das empresas não conte com abordagens práticas. A aprendizagem no contexto organizacional deve estar centrada na experiência do adulto e na aplicação do que foi aprendido para solucionar problemas do próprio trabalho”, enfatiza.

Um primeiro passo rumo ao conteúdo aplicado em educação corporativa, segundo Andrea, é considerar as necessidades das equipes de trabalho, escutando o ponto de vista dos líderes e demais profissionais. Para tanto, ressalta Andrea, “é necessário que o colaborador da empresa compreenda e participe da elaboração do currículo de capacitação da organização”.

Foi dessa forma, considerando a realidade dos profissionais, que o RH da distribuidora de energia elétrica Eletrobrás identificou a necessidade de que alguns de seus colaboradores dominassem a língua inglesa. Para resolver o problema de uma maneira prática e eficaz, a empresa tem oferecido a esses empregados um curso online chamado “Inglês na Prática”, desenvolvido pela Dtcom – Educação e Comunicação Corporativa.

O treinamento oferecido pela Eletrobrás é focado no uso que esses trabalhadores farão do idioma no dia a dia. Ministrado por um professor com formação em Letras e em International Bussiness, o curso apresenta diversas abordagens práticas e exercícios em forma de jogos.

“Não entramos em questões gramaticais aprofundadas e pouco aplicadas à realidade do aluno. Colocamos o foco no vocabulário e nas expressões mais usuais do idioma”, explica o professor Igor Stedile.

O RH da Eletrobrás têm sentido o resultado positivo da ação pela reação dos alunos ao treinamento. “Foi muito produtivo o curso. Isso porque o professor apresentou o conteúdo de uma forma simples e contextualizada às necessidades da nossa rotina.”, relatou o colaborador Carlos Borges de Oliveira.



Redação, Portal Competência