Esqueceu sua senha?

Portal Competência

9 de agosto de 2013
José Roberto


Confiança: uma nova marca de gestão

Saber delegar e conduzir a rédeas curtas, sem dúvida, são alguns dos perfis de gestão necessário. Mas de que modo sua forma de gerir influência no sucesso de sua empresa?

ConfianCa-uma-nova-marca-de-gestAo

Você é controlador ou sabe delegar? Se você é gerente, diretor, líder de empresa ou ocupa algum cargo de chefia dentro do meio corporativo, logicamente, tem um perfil de gestão. Saber confiar ou conduzir a rédeas curtas todas as ações de seus subordinados são alguns dos perfis necessários para esta função, mas de que modo sua forma de gerir influência no sucesso de sua empresa?

Embora muitos líderes, com certeza os mais conservadores, ainda mantenham uma posição firme e cristalizada quanto a delegar funções e, dessa forma, oprimam seus colaboradores criando um ambiente de trabalho ruim, e, neles, uma sensação de desconfiança quanto à capacidade e à segurança na execução das tarefas, uma nova forma de gestão – a de confiança – tem sido cada vez mais usada. E essa, por sua vez, é uma tendência no meio corporativo.

Alguns fatores como a globalização da economia, a velocidade das informações e do desenvolvimento de ferramentas tecnológicas influenciaram essa nova forma de dirigir uma corporação e instauraram um contexto novo dentro das empresas. Hoje, delegar não é mais sinônimo de passar aos outros o que o chefe não deseja fazer, mas sim um sinal de que este confia na capacidade de seu empregado e que divide as responsabilidades pelos êxitos.

Chefes com perfis de controle tendem a fazer o contrário, centralizam as decisões, mantêm um relacionamento indiferente com seus colaboradores: mandam, cobram de forma efusiva e, quando acontece, apontam o funcionário como único culpado pelos erros. Estes também tendem a assumir como seu o mérito por uma tarefa executada com sucesso por um colaborador.

Segundo José Maria Gasalla e Leila Navarro, no livro “Confiança, a chave para o sucesso profissional”, a construção de um ambiente de trabalho pautado pela confiança, dá-se por meio de uma série de qualidades, intituladas 10 Cs: Competência, Clareza, Consistência, Cumprimento da palavra, Coerência, Confiabilidade, Cumplicidade, Comprometimento, Consistência e Correspondência.

A partir desses pressupostos, a Gestão por Confiança exige que o líder crie um bom ambiente de trabalho, onde as decisões são compartilhadas e a atmosfera é pautada pelo diálogo, por interações com os colaboradores, pela otimização de seu tempo para a observação das ações, capacidades e potenciais individuais e coletivos do grupo. Dessa forma, instaura-se um clima de confiança entre as partes e a equipe sente-se valorizada, motivada e entende o quão fundamental é sua participação para alcançar as metas estabelecidas e o sucesso da empresa.

Os gestores que buscam dar qualidade ao trato de seus colaboradores e os valorizam no dia a dia de trabalho, consequentemente, têm uma melhor resposta em resultados, do que aqueles que limitam exageradamente a ação de uma equipe. Ser um bom gestor também é saber escutar, estar próximo dos seus colaboradores e oferecer a estes, as ferramentas capazes de desenvolver o melhor da potencialidade de cada um. Numa empresa todas as partes devem estar alinhadas num objetivo comum de realizações; do contrário, o fracasso é inevitável.



José Roberto

Presidente do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, é Master Coach Trainer certificado por renomadas instituições internacionais: European Coaching Association (ECA), Behavioral Coaching Institute (BCI) International Association of Coaching Institutes, Global Coaching Community (GCC) e Metaforum International. É um dos pioneiros em coaching no Brasil, com quase 15 anos de experiência atuando como coach. Empresário e Psicoterapeuta com 26 anos de experiência no desenvolvimento de pessoas com Especializações em Gestão de Pessoas e Empresas. Criador de diversos instrumentos e ferramentas para desenvolvimento de pessoas e do Programa de Formação e Certificação Internacional Professional & Self Coaching – PSC, que é notadamente um grande case de sucesso no Brasil. Entre as centenas de clientes corporativos que atendeu como Master Coach estão empresas e instituições renomadas no Brasil e no mundo, como: Leroy Merlin, Petrobras, Receita Federal, GVT, Sebrae, Bayer, Banco do Brasil, Grupo Gazin, Grupo Cencosud, Unimed, Polícia Militar, entre muitas outras. Livros: Coautor do livro Manual Completo de Coaching e autor do Leader Coach – Coaching como Filosofia de Liderança.