Esqueceu sua senha?

Portal Competência

17 de outubro de 2014
Silvia OSSO


Promovendo relações interpessoais

Quando nos respeitamos, conseguimos mostrar aos outros como eles devem nos tratar

Autoconhecimento nas relações interpessoais

O dicionário diz que Autoconhecimento é o conhecimento de si mesmo, das próprias características, sentimentos, inclinações; a consciência de seu real valor. E é exatamente isso que o autoconhecimento nos proporciona: aprender a dar valor ao ser humano que somos. Sem senso de nosso valor individual, muitas vezes nos sentimos diminuídos, inferiores diante dos demais. Quando nos respeitamos, conseguimos mostrar aos outros como eles devem nos tratar. Você tem consciência de seu próprio valor?

É habitual culpar outros colegas ou amigos por frustrações ou desilusões que passamos todos os dias. Não é fácil aceitar a responsabilidade pelas nossas próprias atitudes e desenganos, mas quanto não permitir que isso aconteça? Não me refiro à época em que era criança e não sabia como se defender, mas agora como adulto você pode e deve aprender a cuidar de si mesmo. Quando nossa autoestima é baixa permitimos que outras pessoas tentem tomar conta de nossa vida. Quando deixamos que outros determinem o quanto valemos, uma sensação de vazio toma conta de nós, aumentando ainda mais nossa necessidade de aprovação, reconhecimento. Como consequência, temos mais sentimento de inferioridade.

Para evitar que isso aconteça, retome a responsabilidade de sua vida para você. Torne-se independente em todas as áreas de sua vida, mesmo que a princípio você possa pensar que isso seja impossível. Pode ser difícil, mas nada é impossível.

Se estiver sendo constantemente desrespeitado, algo deve ser observado e mudado em você e em seus relacionamentos. Verifique se você está supervalorizando os outros na mesma proporção que desvaloriza a si mesmo.

Conforme nos conhecemos melhor, não ficamos à mercê das opiniões do que pensam ou dizem sobre nosso respeito e deixamos de ser manipulados. Afinal, cobranças, críticas, indelicadezas, insensibilidade, agressividade, desrespeito, desinteresse, essas pequenas faltas cometidas no dia a dia podem destruir as mais antigas e afetuosas convivências, comprometendo, principalmente, o sentimento que temos por nós mesmos. Assim sendo, procure colocar limites ou se afaste de quem lhe trata dessa maneira.

Pare também de se criticar, colocando defeito em tudo que faz, pensa e fala. E comece a perceber as qualidades que possui.

O assunto sobre autoconhecimento é amplo e complexo, principalmente por envolver aspectos inconscientes. Mas é importante lembrar que se autoconhecer requer muito diálogo interno, tanto para identificar nossas crenças quanto as máscaras que criamos para nos proteger; só então é possível conseguir encontrar nossoverdadeiro eu”, aquilo que somos em essência, e que sempre é muito melhor daquela pessoa que nos fizeram acreditar que somos.

Para atingir esse estágio de equilíbrio interno, é preciso comprometimento em querer realmente se conhecer, sem medos, resistências e boicotes. Enfim, o autoconhecimento é a base primordial para alcançarmos a verdadeira sabedoria. E quanto mais descobrimos sobre nós mesmos, percebemos o quanto ainda temos a descobrir! Permita que essa viagem para dentro de si mesmo seja sua maior e rica aventura!

Conhecendo-se melhor, é possível participar mais ativa e positivamente nas relações interpessoais e ajudar colegas e companheiros a terem uma vida corporativa mais saudável e ética. Experimente!



Silvia OSSO

É palestrante e consultora de empresas. Jornalista , especialista em varejo,é autora dos livros Atender bem dá lucro ; Programa Prático de Marketing para Farmácias; Administração de Recursos Humanos e do DVD Etiqueta Empresarial.Contato via e-mail: siosso@uol.com.br . Para adquirir meus livros : www.lojacontento.com.br