Esqueceu sua senha?
Acesso Cursos

Dtcom – Educação e Comunicação Corporativa

Posts publicados em janeiro, 2013

Você já levou um cano?

3 de janeiro de 2013

Autor: Fernando Botto em Portal

Voce ja levou um cano

Você já agendou uma reunião e esperou, esperou e esperou sem receber qualquer aviso de que a outra parte não viria? A sensação é ruim, não é?

O fato é que isso é mais comum do que se imagina e a situação fala por si mesma. Pessoas que mudam seus planos sem o cuidado de comunicar aos outros nos remetem a duas marcantes possibilidades: a primeira delas é a falta de organização e a segunda é o descaso com o outro.

A falta de organização pode ser gerida com uma agenda ou com o estabelecimento de prioridades, algo amplamente discutido por autores que escreveram sobre gestão do tempo. Considero o descaso como algo mais difícil de se lidar. Isso porque quando nós “levamos um cano” é difícil reconhecer que – não somos importantes para a outra parte -, a ponto dela considerar um telefonema ou uma mensagem que informe a impossibilidade, seja qual for. É difícil, porque todos nós, por menos “importantes” que possamos ser, nos sentimos dignos de valor – e de respeito, é claro.

Quem se habitua a cumprir pequenos compromissos se habilita a participar dos grandes. Há aqueles que se habituam a assumir inúmeras obrigações, como quem quer abraçar o mundo com as pernas e, em seguida, atordoado de tantas exigências que se acumulam, desespera-se e acaba por frustrá-las, uma a uma. Isso constrói uma imagem e uma reputação que, no ambiente profissional, remete a um perfil que dificilmente é cogitado para estar à frente de grandes oportunidades. São lembrados, nesses momentos, aqueles que sentimos que podemos contar e esta valiosa qualidade também se faz presente no cumprimento dos pequenos compromissos.

Vale a dica para quem está com dificuldade de se organizar e criou o indesejável hábito de “furar” seus compromissos: preserve as suas relações e as mantenha avisada das suas mudanças de planos. Agora, se você é aquele que sempre recebe “canos” nos seus compromissos, que tal rever as suas relações?